• Bruna Tavares

Quanto espaço para você há em sua rotina?

Falou em autocuidado, já pensamos em skincare, um bom banho, um cafezinho com bolo...E várias outras coisas. Mas você já parou para pensar que esses são alguns hábitos que uma pequena parte da população consegue inserir na sua rotina. Algumas pessoas nem imaginam que muitos de seus atos diários são práticas que levam ao bem estar.


Isso porque associamos autocuidado a situações belas, que estimulam os sentidos e que têm um preço relativamente alto a pagar. Na verdade, o ceu é o limite.


Foto: Acervo Bruna Tavares - Vietnã.


Mas se pararmos para olhar essa foto, tirada durante uma viagem, veremos que um sorriso no rosto não só está ligado a uma conta bancária robusta. Pelo contrário: das maiores inverdades é a de que dinheiro traz felicidade. Conforto sim, mas felicidade depende de como enxergamos nossa vida, nosso cotidiano.


E porque eu resolvi trazer essa pauta hoje? Para desmistificarmos o que significa o tal do autocuidado. Do Tempo Para Você.


Não é preciso gastarmos rios de dinheiro para fazermos algo que nos preencha. Descascar alimentos, fatiar legumes, preparar nossas refeições (e a de outrem) são ações que, tal como tomar um banho, por exemplo, são muito íntimas e individuais. Nos traz para junto de nós mesmos. Rememora nossa essência. Lembranças de comidas da casa da avó, aprendizado dos sabores de que realmente gostamos e experiências. A prática ou a prova de algo novo, que, quando adultos, parecemos esquecer que quando ainda crianças o cotidiano era uma festa de novos conhecimentos.


Bem. Autocuidado não é apenas um ritual da classe média/alta, é de todos. E necessário a todos. Cabe a você ter um olhar mais atento, presente e observador para o que está fazendo no seu dia-a-dia. Afinal, só você pode saber o que te agrada e só você pode dedicar Tempo Para Você!

10 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Despedidas