Carta ao Leitor

por Gabi Albuquerque e Bruna Tavares

"Emagreceu, como está bonita (o)". "Olha esse rostinho, vai dar trabalho quando crescer". "Você não acha que precisa de um tratamento nessa pele não?". "Nenhum homem gosta de mulher grisalha, você vai ser deixada se continuar assim". São exemplos de frases do cotidiano que falam sobre corpos, pele, cabelos e até fetiches. Apesar de individual, a beleza parece estar à serventia do coletivo, afinal há um consenso de que tudo bem dar pitaco ou tecer comentários sobre o belo ou não belo de cada um. 

 

O que queremos este mês é te ajudar a trazer a sua beleza de volta para o espaço da autoapreciação. Para assim, você reconquistar o papel de quem define o que é bonito e o que quer mostrar, quais são suas referências, se quer ter uma rotina de cuidado e se sim qual faz sentido para você. 

 

Nossa conversa e informações deste mês serão guiadas pela reflexão sobre beleza. Tem pauta sobre tamanhos de corpos, marcas de vestuário que padronizam a estética, intervenções cirúrgicas e a magreza como adjetivo na matéria do Para seu corpo. E se você quer se amar, mas continua achando que bonito é os outros, falaremos sobre a autoestima sob o ponto de vista das referências que te influenciam. A tendência dos rituais de "skincare" e todos os outros são para você? E como faz para colocar em prática em uma vida real? Por fim e bem importante: livros, filmes e tudo mais que existe de conteúdo para te ajudar a construir suas próprias ideias sobre o assunto. 

 

Queremos que ao findar Junho, você esteja com novas possibilidades de olhares para o espelho e, além disso, comece a enxergar a beleza múltipla também nos outros. O que admiramos na imagem do outro levamos para nossa autoimagem, essa diversidade precisa ser uma via de mão dupla. 

 

Afinal, a vida é bonita e é bonita! 

 

Abraços, 

Gabi e Bruna 

Image by Masaaki Komori